Como inserir os homens nas tarefas domésticas

COMOINSERIROSHOMENS2.jpg

Apesar de a mulher estar inserida no mercado de trabalho há alguns anos e contribuir significativamente na renda familiar, dedicando a mesma quantidade de horas no trabalho que um homem, os números mostram que o pensamento machista ainda faz parte da realidade do país.

Para muitos casais essa situação de divisão de tarefas é o estopim para discussões e brigas. Mulheres reclamam que os homens não ajudam o suficiente, enquanto a queixa masculina é a de que as mulheres são muito exigentes e detalhistas.

A pergunta é: como melhorar essa relação e conciliar a manutenção e limpeza da casa, o trabalho fora e a vida a dois?

Confira algumas dicas para lidar com esta situação:

tarefas domésticas site mulher terra

  1. Divisão igualitária

Procurem dividir as tarefas de maneira justa, de forma que nenhum saia prejudicado. Vocês podem realizar as tarefas juntos, dividir por cômodos ou ainda dedicar alguns minutos do dia para a realização de uma tarefa específica. A forma como vocês irão organizar a rotina vai depender do estilo de cada casa e de cada casal. O importante é que ambos colaborem de maneira igualitária.

  1. Saiba conversar e orientar

Agressividade e estupidez não vão ajudar em nada na hora da divisão de tarefas. Procure deixar o nervosismo de lado e diga ao seu parceiro de que forma ele pode te ajudar. Seja clara e objetiva, sem agir com grosseria. Os homens não possuem a incrível capacidade de adivinhar o que queremos, por isso, explique passo a passo!

  1. Escolha o momento certo

Quando você chega em casa cansado do trabalho qual é o primeiro pensamento que vêm a mente? Sentar e dar uma relaxada no sofá é uma das opções, não é mesmo? Por isso, nada de recepcionar o seu esposo com o rodo e o pano de chão dando as ordens do que precisa ser feito, afinal você não gostaria de ser recebida assim, gostaria? Espere ele chegar, trocar de roupas. Tomem um café da tarde juntos e então aborde o assunto: “amor, vamos limpar a casa?” Lembre-se de que fazer as tarefas domésticas é responsabilidade de ambos, então não encoraje o pensamento de que “faxina é coisa de mulher”.

  1. Seja menos crítica e tenha mais paciência

Mulheres têm tendências perfeccionistas, não é mesmo? A maior reclamação dos homens é a de que sua esposa é muito crítica e detalhista quanto à organização doméstica. O fato é que sempre há como melhorar, mas não podemos exigir que o outro faça exatamente do nosso jeito. Procure pegar mais leve e ter mais paciência com o cônjuge. Às vezes é necessário relevar algumas coisas. Faça menos críticas e pare para observar pontos positivos do seu parceiro. É válido lembrar que nós mulheres fomos sempre mais incentivadas a aprender sobre as coisas da casa e os homens não, por isso nem sempre eles tem facilidade com isso. Mas vale a pena ter paciência e ensiná-lo.

  1. Aprenda a fazer elogios

Substitua as críticas pelos elogios. Seu marido fez algo que não estava acostumado a fazer e demonstrou interesse em te ajudar? Elogie! Se você pensar: “não fez mais do que a obrigação” vai estar criando um clima bem pesado para o relacionamento. Quando nos tornamos uma presença agradável na vida de nosso parceiro vemos que naturalmente ele vai se tornando mais cuidadoso com as coisas da casa.

Outras dicas importantes:

– Não troque ajuda por sexo. Se você fizer um troca com seu marido do tipo: “se me ajudar você tem benefícios”, só estará desgastando o relacionamento.

– Se não for possível contratar uma diarista, o ideal é estipular um dia da semana para que ambos façam a limpeza juntos, tipo: o dia da faxina!

Cada casal tem a sua própria forma de organizar como dividirão as tarefas domésticas. Mas, de forma geral, o caminho para conseguir que ele ajude naturalmente sem você precisar pedir toda vez é ter paciência, convidá-lo aos poucos para começar a ajudar, reforçar positivamente as tentativas dele e guiá-lo nas atividades que ainda não domina. Assim, vocês conseguirão, de forma natural e harmônica, tornar a divisão de tarefas algo comum dentro de casa.

Então…respira fundo e vai!

Bjos!

Fonte: http://www.dicasdemulher.com.br

Anúncios

Como inserir as crianças nas tarefas domésticas

ajudando as tarefas domésticas5

A geração atual de mulheres conquistou o mercado de trabalho, a igualdade de direitos, é independente financeiramente, mas se sentem culpadas por não conseguir cuidar da casa e dos filhos assim como suas mães e avós o fizeram. A mulher sem tempo para assumir tudo ainda precisa cuidar de si mesma. Fazer unha, se exercitar, cuidar do cabelo ou até mesmo um tempinho para não fazer nada é importante para seu crescimento e realização pessoal.

Mas como é impossível dar conta de tudo, é preciso escolher o que ela mesma quer fazer e delegar o restante. Dividindo as tarefas, é possível crescer profissionalmente sem deixar os filhos e a vida a dois em segundo plano. Uma dica importante é tentar incluir o parceiro e as crianças na realização das tarefas, dividindo as responsabilidades com todos que moram na casa. Quanto antes as regras forem apresentadas, mais fácil será fazê-los contribuir nas tarefas. Envolver todos não será fácil, mas tente fazer com que este momento seja bem agradável.

Conheça alguns passos para te ajudar nessa missão:

ajudando as tarefas domésticas4

Foto: www.carinhosoroupas.com.br

 

  1. Defina uma rotina

Definir uma rotina dá mais segurança para a criança. Escreva numa cartolina a rotina delas e certifique-se de que está à vista para que todos possam ler.

  1. Estabeleça um limite de tempo

Para cada criança devemos definir um limite de tempo para a limpeza a ser desenvolvida. O tempo varia dependendo da natureza do trabalho e a idade da criança. Comece, por exemplo, com 15 minutos para o mais novo.

  1. Expectativas dos pais

O objetivo de colocar os filhos para ajudar na limpeza e organização da casa é para que eles possam contribuir na manutenção das mesmas, ensinando-lhes habilidades práticas, além, claro, de desfrutar da companhia um do outro. Assim, se uma pia não ficar bem limpinha, não fique desapontada. O importante é que a criança se empenhou ao máximo para que tudo ficasse do jeitinho que a mamãe pediu.

  1. Coloque uma música alta

Limpar a casa, convenhamos, não é uma das coisas mais agradáveis para a gente, né? Imagina para uma criança?!? Então, para que tudo se torne uma atividade deliciosa, a música ajuda demais!

  1. Escolha a atividade a ser realizada de acordo com a faixa etária

Ao estabelecer a atividade de cada um, lembre-se da idade. Isso é fundamental para que a criança possa executá-la e se sentir alegre em fazer.

ajudando as tarefas domésticas3

Foto: www.vittamina.com

  1. Faça uma demonstração de como o trabalho deve ser realizado

Toda criança tem uma fase em que gosta de copiar tudo o que os pais fazem, elas se interessam pelas tarefas dos adultos e querem participar também. Aproveite esta fase para começar a ensiná-los como limpar e cuidar da casa, explicando o porquê de estarem fazendo aquela atividade.

  1. Dê autonomia para as crianças

Assim que tiver designado a tarefa, é necessário dar total autonomia para que a criança faça o seu trabalho. A finalidade é que as crianças aprendam a fazer as tarefas de forma adequada, mas que para isso aconteça, o tempo se faz necessário, afinal, não dá para limpar bem um chão, por exemplo, apenas com uma tentativa. Devemos oferecer orientações e dicas sempre que necessário. Agora se não ficamos satisfeitos com a limpeza de uma janela, por exemplo, e sabemos que a criança deu o seu melhor, espere que a criança durma ou não esteja em casa, e refaça a limpeza. O importante aqui é que a criança não perceba a insatisfação com o trabalho que ela desenvolveu, ok?

  1. Estimule e encoraje as crianças

Elogiar é um excelente incentivo, lembre-se sempre de dizer que a tarefa está bem feita, que ele aprende rápido e é cuidadoso. O estímulo para continuar será grande.

  1. Não pague pela tarefa de organizar e limpar a casa

As crianças geralmente recebem mesada dos pais, sem que esteja atrelada a qualquer atividade. Então, quando eles forem convocados para a limpeza e organização de casa, eles não devem receber qualquer quantia para isto! Afinal, como eles são membros da família, eles também precisam contribuir para a conservação e manutenção da casa.

O maior benefício desta nova rotina de participação nas tarefas domésticas, será a aproximação que vocês terão, afinal, trabalharão juntos para o mesmo objetivo. Além disso, seus filhos serão preparados para se tornarem independentes e aprenderão a administrar seus dias e sua vida adulta. E no dia-a-dia da sua casa, você perceberá que cada um vai pensar duas vezes antes de jogar o farelo de pão no chão, porque sabe que ele pode ser o responsável por limpá-lo.

No próximo post vou mostrar como inserir os homens nas tarefas doméstica! Parte difícil hein!

Boa sorte!

Bjos!

 

 

Fonte: http://www.alameda.com.br