Como parar de procrastinar

procrastinação

Li esse texto no Blog Positivismo e adorei! Um problema tão comum que nos faz ser menos produtivos e nos distancia dos nossos objetivos. Espero que gostem!

“Daqui a um ano você vai desejar ter começado hoje.”
Karen Cordeiro

Um dos problemas mais comuns é a procrastinação. Nós sabemos o que queremos fazer e devemos fazer. Mas ainda passamos horas e horas fazendo o trabalho “mais fácil” ou perdendo tempo assistindo TV e olhando as redes sociais.

Agora, nada de errado com uma pausa ao longo do dia. Mas se você procrastinar muito, você não vai conseguir as coisas mais importantes concluídas. Você também começa a se perder, onde sua auto-estima cai e você passa os seus dias ou mais em uma onda negativa.

Então, o que você pode fazer? Aqui estão 7 dicas atemporais para ajudá-lo a parar de procrastinar e começar a viver a sua vida mais plenamente.

1. Pare de pensar. Comece fazendo.

“Pensar  por muito tempo em fazer uma coisa, muitas vezes torna-se sua ruína.”
Eva Jovem

Um pouco de planejamento pode certamente ajudá-lo a conseguir o que você deseja alcançar. Um monte de planejamento e pensamento tende a ter o efeito oposto.

Você pensa, pensa e tenta chegar com o “plano perfeito”. Um plano em que você não tem que cometer erros, onde você nunca será rejeitado, onde não haverá dor ou dificuldades. Tal coisa, claro, não existe. Mas, enquanto você trabalha em um  plano,  você pode se proteger.

2. Não faça uma tarefa fora de proporção.

“Se você quiser fazer um trabalho fácil parecer difícil, basta continuar adiando a fazê-lo.”
Olin Miller

“Adiando uma coisa fácil torna-se difícil. Adiando uma coisa difícil torna-se impossível. “
George Claude Lorimer

Por mais que pense e adie as coisas,  você não está apenas tentando proteger-se da dor.  Quanto mais horas e dias você adie,  o pior cresce em sua mente. Porque você está pensando nisso. E assim ele se expande em sua mente. E já que você está adiando, você provavelmente está pensando sobre isso de uma forma negativa. Isso faz com que uma pequena coisa vire um grande Godzilla, uma besta horrível que ameaça arruinar sua vida.

Portanto, planeje um pouco e, em seguida, tome as medidas necessárias.

Muitas vezes você não tem que sequer planejar algo, mas já esteve em conflito antes e daí você sabe o que precisa ser feito. Então pare de pensar e apenas faça, não importa como você se sente e o que pensa. Como você se sente agora muda tão rapidamente quanto o tempo, então não é o sistema de orientação perfeito. Você só precisa fazer o que você sabe que é certo mesmo.

3. Basta dar o primeiro passo.

“Você não tem que ver toda a escada, apenas dê o primeiro passo.”
Martin Luther King, Jr.

Quando você começa a olhar muito longe para o futuro em qualquer tarefa ou projeto, pode parecer quase impossível. E assim você se fecha,  fica sobrecarregado e começa a navegar na internet sem rumo. Essa é uma das razões por que é bom fazer planos para o futuro, mas, em seguida, deve mudar seu foco de volta para hoje e para o momento presente.

Então você deve só se concentrar em dar o primeiro passo hoje. Isso é tudo que você precisa se ​​concentrar e em nada mais. Ao tomar o primeiro passo, você altera o estado mental do que você era resistente para “Ei, eu estou fazendo isso, legal”. Você se coloca no estado em que você se torna mais positivo e aberto, um estado onde você pode não estar entusiasmado em dar o próximo passo depois desse primeiro, mas você pelo menos aceita. E assim você pode dar o próximo passo. E o próximo depois disso.

O fato é, você não pode ver toda a escada de qualquer jeito e ela vai mudar e se revelar ao longo do caminho. É por isso que o melhor dos planos tendem a desmoronar, pelo menos, um pouco quando você começar a colocá-los em ação. Você descobre que o seu mapa da realidade não se parece com a realidade.

4. Comece com a tarefa mais difícil do seu dia.

“Faça o trabalho mais difícil primeiro. Os trabalhos fáceis irão cuidar de si mesmos. “
Dale Carnegie

Talvez você tenha uma ligação importante, mas teme ser desconfortável de fazer. Talvez precise responder uma imensidão de e-mails ou ter uma grande pilha de papéis para analisar. Talvez você tenha as últimas cinco páginas de seu jornal para terminar.

O que quer que seja, tirá-lo do seu caminho é  a primeira coisa que deve fazer.

Se você começar o seu dia desta forma você vai se sentir aliviado. Você vai se sentir relaxado e bem consigo mesmo. E o resto do dia – e sua lista de coisas a fazer – tende a ser muito mais leve e mais fácil de percorrer. É incrível a diferença que esta ação faz.

5. Basta fazer uma decisão. Qualquer decisão.

“Em um momento de decisão, a melhor coisa que você pode fazer é a coisa certa a fazer, a próxima coisa é a coisa errada, e a pior coisa que você pode fazer é nada.”
Theodore Roosevelt

Nos sentimos mal quando cruzamos os braços e não agimos, porque isso é natural. O natural é sermos decisivos e agir.

Quando quer fazer alguma coisa, mas não toma a ação que está alinhado à esse pensamento, você se torna conflituoso por dentro.

O que você faz sempre envia sinais de volta para você sobre quem você é. Claro, fazer afirmações onde diz a si mesmo que você é confiante pode ajudá-lo. Mas tomar as ações confiantes que você quer uma após a outra é o que realmente constrói a sua auto-confiança e uma auto-imagem. Quando você procrastina,   diminui a sua auto-estima e envia sinais para si mesmo que você é uma pessoa preguiçosa e indecisa.

6. Enfrente seu medo.

“A procrastinação é o medo do sucesso. Pessoas procrastinam porque têm medo do sucesso que elas sabem que resultará se avançarem agora. Porque o sucesso é pesado, carrega uma responsabilidade com ele, é muito mais fácil  procrastinar e viver na filosofia do  ” Algum dia eu vou “.
Denis Waitley

Eu acho que isso pura verdade. É mais fácil viver no pensamento do “um dia …”. É mais difícil apenas agir. Em arriscar e parecer um idiota. Em errar, tropeçar e não evitar a dor. Em assumir a responsabilidade por sua própria vida.

A escolha mais fácil pode vir com uma sensação de conforto, com um certo nível de sucesso, dores de arrependimento por todas as coisas que você nunca se atreveu a fazer e uma vaga sensação de estar insatisfeito. Você quer saber o que teria acontecido se você tivesse agido e arriscado mais.

A escolha mais difícil irá te proporcionar tudo isso. Mas com certeza vai se sentir mais vivo.

7. Terminá-lo.

“Nada é tão cansativo quanto o enforcamento eterno de uma tarefa incompleta”
William James

“Grande parte do estresse que as pessoas sentem não vem de ter muito o que fazer.Ele vem de não terminar o que começaram. “
David Allen

Não dar o primeiro passo para começar a realizar algo pode fazer você se sentir mal. Mas não terminar o que você começou também pode deixá-lo com pensamentos negativos. Você se sente cansado ou estressado e às vezes você nem sabe por quê. É como se alguém cortasse seu poder interior.

Se for esse o caso, reveja as tarefas e projetos que você está envolvido e que queira terminar, mas ainda não conseguiu. Tente  terminar assim que possível e irá se sentir muito melhor.

Basta ter cuidado. Não pense que você tem que terminar tudo o que você começou. Se um livro é uma porcaria, leia outra coisa. Usar isso como uma desculpa para acabar com uma coisa difícil não é uma boa ideia. Mas não há nenhuma lei que diz que tudo tem que ser completado.

Fonte: Positivity Blog

Anúncios

Decoração rústica

 Amo decoração rústica! Acho que traz um clima bucólico deixando sua casa com um visual campestre. Para que isso aconteça, há diversos utensílios que irão fazer a diferença na hora de aproximar o ambiente à uma casa de campo. Em geral as peças rústicas são mais simples, com acabamento menos polido. Artigos reaproveitados também combinam com este estilo, como um móvel restaurado ou um caixote de feira.

Confiram algumas ideias:

 

sala 45

sala 46

sala 44

banheiro 51

banheiro 49

sala 49

sala 48

sala 47

banheiro 47

 Fotos: Pinterest

Presentes românticos para o Dia dos Namorados

Faltam poucos  dias para o tão esperado “Dia dos Namorados”. A escolha do presente nunca é fácil. Em alguns casos, não fazemos ideia de como presentear.

Na minha opinião,  o ideal é dar um presente romântico ou feito por você. Mas se quiser dar algo mais elaborado, dê junto algo sentimental também e cheio de detalhes especiais sem gastar muito.  É só usar a criatividade e surpreender a pessoa amada. E para ajudar quem está nessa dúvida, separei algumas ideias:

1) Prepare um café da manhã beeeeeeem caprichado e leve na cama, nada melhor que demonstrar carinho com esses pequenos gestos.
 breakfast 12
   dia dos namorados 7
2) Se você tem facilidade com trabalhos manuais, faça você mesmo um presente e coloque essas tags para dar um charme a mais.
presentes e mimos 16
3) Vá a uma gráfica, imprima uma tela como essa e coloque uma moldura fofa! Vai arrasar!
dia dos namorados 2
4) Monte um kit de banho com esses sabonetes de coração
dia dos namorados 4
5) Se optaram por fazer um jantarzinho em casa mesmo, faça uma decoração bem romântica e de preferência cozinhe para seu amor.
dia dos namorados 5
dia dos namorados 9
dia dos namorados 10
Gostaram das dicas?
Lembre-se! Mais importante do que presentear,  é o casal estar em sintonia e curtir a data mais romântica do ano juntinhos.
Bjos,
Tati

Como dobrar lençol de elástico

Lençóis de elástico geralmente são um problema! Tudo com eles é mais difícil. Mas também não e um bicho de sete cabeças. Sabendo dobrá-los, seu armário ficará mais bonito, organizado e com mais espaço.

Basta seguir o  passo a passo abaixo de um método para dobrar lençóis de elástico que vai resultar em um perfeito retângulo! E finalmente terá um armário organizado e lindo!

como dobrar lençol 8

Passo um

Com o lençol do lado avesso, coloque suas mãos dentro das pontas opostas do lençol. Dica: Deixe o lado mais comprido do lençol entre os seus braços. Junte suas mãos e traga a ponta que estava em sua mão direita para cima da ponta esquerda, encaixe bem as costuras, mantendo os cantos e extremidades juntos. Agora a ponta que estará por cima terá o lado certo do lençol para fora.

Passo dois

Coloque a sua mão direita onde a mão esquerda estava e deslize a mão esquerda pelo lençol e encaixe-a por dentro das duas outras pontas do lençol. Traga os dois cantos que estão sobre sua mão direita sobre a mão esqueda.

Passo três

Agora você terá todas as pontas com elásticos encaixadas no mesmo canto do lençol. Coloque o lençol dobrado sobre uma superfície plana e estique-o

Passo quatro

Dobre as duas beiradas para dentro para esconder todo o elástico. Você vai obter uma peça retangular.

Passo cinco

Agora que não há linhas curvas dobre o lençol do tamanho que desejar.

Passo seis

Pronto! Seu lençol de elástico está dobrado, ele vai dar um ar de organização para o seu armário!

E aí? Mãos à obra agora!

Bjos,

Tati

 

Foto: OMO

 

 

Como limpar o ferro de passar roupa

como limpar ferro 1

Passar roupa para muita gente é uma tarefa bem chata e para piorar, acontece de estragar aquela blusa tão linda e querida. O coração até dói né?  Mas para não estragar aquela camisa ou manchar uma blusa é imprescindível que o ferro de passar esteja muito bem limpo. Que deslize com muita facilidade sobre os tecidos!

Segue então duas maneiras de limpar seu ferro elétrico:

1 – Com o ferro desligado da tomada e frio, limpe a base da superfície do ferro com um pano umedecido em água e detergente neutro. Seque-o bem com um pano macio e então passe um pouco de cera incolor para automóveis, enxugando logo a seguir com pano seco.

2 – Se o seu ferro elétrico ficou sujo depois de ter sido usado, deve limpá-lo da seguinte maneira: Passe (com o ferro ainda quente) um pedaço de vela comum por baixo. Em seguida passe o ferro num pano de algodão, exercendo uma pequena pressão para limpa-lo . Se for necessário repita novamente.

Jamais use produtos abrasivos (palha de aço, Bombril, sapólio, produtos para limpeza pesada, vinagre ou esponjas) que podem riscar a base e danificar o ferro. Para não diminuir a quantidade de saída de vapor, faça a autolimpeza pelo menos uma vez por mês. Consulte o manual de instruções.

Gostaram?

Bjos,

Entenda os símbolos das etiquetas

Hoje vou falar sobre as etiquetas das roupas! Aquela que a maioria das pessoas não lê e acha que serve só pra atrapalhar, sabe? Tem gente que se incomoda tanto que até as cortam. Esse é um grande erro! A etiqueta da roupa existe pra ajudar… À primeira vista, parece super complicado, concordo. Mas quando a gente presta atenção direitinho, percebe que não é um bicho de sete cabeças. Chegou a hora de aprender!

Esses símbolos nada mais são do que instruções do que você pode ou não fazer na hora de lavar, alvejar, secar e passar. Tudo isso é pra conservar melhor as suas peças! E pra não ter confusão, a simbologia é a mesmo no mundo todo e vem sempre na mesma sequência.

Para entender melhor a sequência dos símbolos:

1º: é o símbolo é da lavagem, que envolve temperatura, enxágue, centrifugação e instruções pra lavar a peça à mão ou não.
2º: é de alvejamento, que indica o uso ou não do cloro no processo da lavagem.
3º: corresponde ao processo de secagem, que pode ser natural (em varal) ou em tambor (na secadora roupas), e como ela deve ser feita.
4º: este símbolo mostra as recomendações na hora de passar, se ela pode ser passada à ferro e qual a temperatura ideal pra isso.
5º: o último símbolo fala sobre a limpeza a seco. Mas com esse, você não precisa se preocupar tanto, essas informações são pra equipe da lavanderia, quando a sua peça precisar de um tratamento mais profissional, certo?

Tabela OMO

Às vezes, você nem percebe, mas sabia que uma peça pode ter se desgastado porque você não lavou do jeito certo? Pois é,  muita atenção agora pra não correr mais o risco de errar!

Bjos!

 

Fonte: Electrolux

Os 10 tipos mais comuns de desordem

desordem final

Fotos: Pinterest

Organizar uma casa dá trabalho, mas viver na bagunça é muito pior, ela traz muitos prejuízos de tempo e financeiros. Então a solução é deixar a preguiça de lado e começar a sair do caos aos poucos,  adotando pequenos hábitos para conservar a organização. Mas você provavelmente não consegue colocar sua casa em ordem por esses 3 motivos:

  • Você pode estar apegado a um item;
  • Você não consegue achar seus objetos e acaba comprando o mesmo de novo;
  •  Você não sabe quando jogar as coisas fora.

Então, aqui estão alguns tipos mais comuns de desordem e como lidar com cada um deles.

 1. “Pechinchas” que não podiam deixar passar:  “Mas estava em promoção” nunca é uma boa razão para trazer algo para sua casa. Resista à tentação de comprar algo porque é um bom negócio. Se você não vai usar, não é realmente um bom negócio.

2. Revistas, jornais e catálogos: Adoramos ter algumas revistas para referências e consultas, mas em um certo ponto, se você ainda não encontrou tempo para lê-las, não irá fazer nunca. O recomendado é você reciclar revistas e catálogos e ficar só com os artigos mais importantes. A maioria você acha na internet.

3. Frascos vazios e recipientes de plástico: Frascos vazios que não serão reaproveitados, tampas de plástico sem a vasilha ou vice versa, não possuem utilidade e só ocupam espaço. Mantenha a tampa ou a vasilha por uma semana. Se o jogo não aparecer, recicle.

4. Roupas, bolsas e sapatos velhos: Os armários hoje em dia estão cada vez menores, por isso é importante apenas manter as roupas, sapatos e acessórios que você realmente ame e goste de usar. Coloque-os em uma caixa de armazenamento na sua garagem ou box.  Se você não os tocou em 6 meses, doe.

5. Amostras grátis:  Ganhamos o tempo todo amostras grátis de lojas de cosméticos não é? Mais uma vez, se você não vai usá-lo, o melhor é simplesmente não permitir que ele entre na sua casa.  Mantenha-os por um mês e se você não usar  nesse tempo, recicle ou doe.

6. Coleções: Você é do tipo de pessoa que guarda moedas antigas, carrinhos, latinhas de cerveja entre outras coleções? Dê uma utilidade à ela ou se desfaça.

7. Meias sem o par: Não temos nem ideia onde estas meias foram parar, rsrs. Então, o recomendado é deixar uma pequena caixa na sua área de serviço e jogue as meias sem par que encontrar. Se a outra meia não aparecer dentro de uma semana, jogue-a fora.

8. Medicamentos velhos, pomadas e produtos de higiene pessoal: As pessoas mantêm esses produtos em casa, principalmente porque não têm certeza de quando e como joga-los fora. Descarte uma vez que a validade estiver expirada. Se não há data de validade, descarte, se há uma mudança no cheiro, cor ou substância. Não jogue fora no lixo comum ou no vaso sanitário.  Devolver remédios vencidos ou suas sobras para uma farmácia de confiança é o jeito mais adequado de não pôr a saúde em risco, tampouco prejudicar o meio ambiente.

9. Camisetas e objetos promocionais: Este é o tipo de lixo que você pensa: “Eu realmente não tenho sequer tempo para encontrar um espaço para ele”. Se você receber uma camisa para um evento de caridade, avise os organizadores que você não precisa da camiseta ou doe imediatamente após o evento.

10. Cabides e capas de plástico de lavanderia: Os cabides de lavanderia são muito fracos e não fica padronizado no seu armário. O ideal é usar capas de TNT com visor de plástico, dessa forma não estraga o tecido.

E aí?

Se identificaram com algumas dessas situações? Aposto que sim!

Bjos,

Tati