5 dicas para planejar um cardápio mensal

fruta 12

Foto: Google images

Planejar o cardápio é um dos hábitos que faz a maior diferença no orçamento familiar e também no nível de estresse. Ao dedicar alguns minutos a cada semana ou mês para planejar o cardápio e criar uma lista de compras, você evita comprar alimentos que não vai comer e de ficar na frente da geladeira aberta perguntando o que fazer, quem nunca? hehe

Segue então cinco estratégias  para simplificar o processo ao planejar as refeições:

1. Seja realista.

A dica mais importante ao planejar seu cardápio é: seja realista sobre as receitas que você realmente quer fazer e terá tempo de fazer. É tentador criar um menu sofisticado, cheio de refeições gourmet e pratos saborosos, mas realisticamente eu sei que haverá algumas noites em que não sentirá vontade de cozinhar algo complicado, e quando surge uma semana corrida, nada melhor do que preparar algo simples, rápido e ao mesmo tempo saboroso.

2. Organize suas receitas.

Decida qual a melhor forma de organizar suas receitas e que facilita a consulta. Pode ser destacando páginas de revistas e montando uma pasta, organizando em fichários por categoria,  marcando as receitas no livro ou fazendo uma pasta no tablet ou celular.

3. Crie um rodízio para as refeições.

A chave aqui é descobrir o que funciona para você! Para não repetir muito as refeições, crie uma forma fácil e simples, como um arquivo para consultar os menus passados. Há pessoas que fazem o rodízio por semana, mês  ou repetem uma vez ou outra, enquanto outros ainda seguem um ritmo semanal para que saibam que haverá carne vermelha, peixe, massas, e frango no calendário cada semana. Para melhor visualização,  gosto de montar o menu mensal em uma planilha no Excel.

4. Planeje todas as refeições, até o lanche.

Eu sei que um monte de gente só planeja o jantar, mas o ideal é planejar todas as refeições. Nem sempre é possível seguir o cardápio exatamente, mas ele garante que sempre haverá os ingredientes à mão e dá várias opções para escolher a cada dia.

5. Compartilhe o cardápio com sua família.

Apresente o cardápio em algum lugar onde toda a família possa consulta-lo durante a semana. Um ótimo lugar é na porta da geladeira.  Também torna mais fácil ver as refeições planejadas juntamente com todos os compromissos que agendou!

E aí? Vocês planejam o cardápio em casa? Qual é a sua melhor dica de planejamento de cardápio?

Bjos,

Tati

Fonte: Blog life your way

Coisas que pessoas mentalmente fortes fazem

Durante o processo de mudança profissional até abrir o meu próprio negócio, li muito (e ainda leio) uma listinha super bacana da Forbes sobre os hábitos e pensamentos das pessoas mentalmente fortes. Acredito que isso foi fundamental para que eu lidasse com tudo de forma equilibrada e definir os novos rumos da minha vida.

Confira quais são esses hábitos para que você também se torne mentalmente forte.

1. Seguem em frente: eles não desperdiçam  tempo sentindo pena de si mesmos.

2. Mantêm o controle: eles não se entregam a pansamento negativos.

3. Abraçam as mudanças: eles saúdam os desafios.

4. Permanecem felizes: eles não reclamam. Não desperdiçam energia com algo que não podem controlar.

5. São  justos e confiantes: eles não se preocupam em agradar outras pessoas.

6. Estão dispostos em correr riscos calculados: eles medem os riscos e os benefícios antes de agirem.

7. Investem seu tempo no presente: eles não vivem no passado.

8. Se responsabilizam por seus atos: eles não cometem os mesmos erros sempre.

9. Celebram o sucesso de outras pessoas: eles não se sentem ressentidos por isso.

10. Estão dispostos a fracassar: eles não desistem antes de fracassar. O fracasso é uma oportunidade de aprimoramento.

11. Desfrutam do seu tempo sozinhos: eles não sentem medo de ficarem sozinhos.

12. Estão dispostos a trabalhar e ter sucesso por seus próprios méritos: eles não acham que o mundo deve algo à eles.

13. Têm paciência: eles não esperam por resultados imediatos.

14. Avaliam suas crenças: e elas mudam conforme necessário.

15. Gastam seus pensamentos sabiamente: não perdem tempo com pensamentos improdutivos.

16. Pensam de forma produtiva: substituem pensamentos negativos por pensamentos produtivos.

17. Toleram o desconforto: aceitam seus sentimentos sem serem controlado por eles.

18. Refletem sobre seu progresso todo dia: eles analisam o que alcançaram e para onde estão indo.

Espero que tenham gostado e que seja tão útil para vocês como foi para mim.

Beijos e ótimo final de semana.

Tati

Fonte: Forbes

Como parar de procrastinar

procrastinação

Li esse texto no Blog Positivismo e adorei! Um problema tão comum que nos faz ser menos produtivos e nos distancia dos nossos objetivos. Espero que gostem!

“Daqui a um ano você vai desejar ter começado hoje.”
Karen Cordeiro

Um dos problemas mais comuns é a procrastinação. Nós sabemos o que queremos fazer e devemos fazer. Mas ainda passamos horas e horas fazendo o trabalho “mais fácil” ou perdendo tempo assistindo TV e olhando as redes sociais.

Agora, nada de errado com uma pausa ao longo do dia. Mas se você procrastinar muito, você não vai conseguir as coisas mais importantes concluídas. Você também começa a se perder, onde sua auto-estima cai e você passa os seus dias ou mais em uma onda negativa.

Então, o que você pode fazer? Aqui estão 7 dicas atemporais para ajudá-lo a parar de procrastinar e começar a viver a sua vida mais plenamente.

1. Pare de pensar. Comece fazendo.

“Pensar  por muito tempo em fazer uma coisa, muitas vezes torna-se sua ruína.”
Eva Jovem

Um pouco de planejamento pode certamente ajudá-lo a conseguir o que você deseja alcançar. Um monte de planejamento e pensamento tende a ter o efeito oposto.

Você pensa, pensa e tenta chegar com o “plano perfeito”. Um plano em que você não tem que cometer erros, onde você nunca será rejeitado, onde não haverá dor ou dificuldades. Tal coisa, claro, não existe. Mas, enquanto você trabalha em um  plano,  você pode se proteger.

2. Não faça uma tarefa fora de proporção.

“Se você quiser fazer um trabalho fácil parecer difícil, basta continuar adiando a fazê-lo.”
Olin Miller

“Adiando uma coisa fácil torna-se difícil. Adiando uma coisa difícil torna-se impossível. “
George Claude Lorimer

Por mais que pense e adie as coisas,  você não está apenas tentando proteger-se da dor.  Quanto mais horas e dias você adie,  o pior cresce em sua mente. Porque você está pensando nisso. E assim ele se expande em sua mente. E já que você está adiando, você provavelmente está pensando sobre isso de uma forma negativa. Isso faz com que uma pequena coisa vire um grande Godzilla, uma besta horrível que ameaça arruinar sua vida.

Portanto, planeje um pouco e, em seguida, tome as medidas necessárias.

Muitas vezes você não tem que sequer planejar algo, mas já esteve em conflito antes e daí você sabe o que precisa ser feito. Então pare de pensar e apenas faça, não importa como você se sente e o que pensa. Como você se sente agora muda tão rapidamente quanto o tempo, então não é o sistema de orientação perfeito. Você só precisa fazer o que você sabe que é certo mesmo.

3. Basta dar o primeiro passo.

“Você não tem que ver toda a escada, apenas dê o primeiro passo.”
Martin Luther King, Jr.

Quando você começa a olhar muito longe para o futuro em qualquer tarefa ou projeto, pode parecer quase impossível. E assim você se fecha,  fica sobrecarregado e começa a navegar na internet sem rumo. Essa é uma das razões por que é bom fazer planos para o futuro, mas, em seguida, deve mudar seu foco de volta para hoje e para o momento presente.

Então você deve só se concentrar em dar o primeiro passo hoje. Isso é tudo que você precisa se ​​concentrar e em nada mais. Ao tomar o primeiro passo, você altera o estado mental do que você era resistente para “Ei, eu estou fazendo isso, legal”. Você se coloca no estado em que você se torna mais positivo e aberto, um estado onde você pode não estar entusiasmado em dar o próximo passo depois desse primeiro, mas você pelo menos aceita. E assim você pode dar o próximo passo. E o próximo depois disso.

O fato é, você não pode ver toda a escada de qualquer jeito e ela vai mudar e se revelar ao longo do caminho. É por isso que o melhor dos planos tendem a desmoronar, pelo menos, um pouco quando você começar a colocá-los em ação. Você descobre que o seu mapa da realidade não se parece com a realidade.

4. Comece com a tarefa mais difícil do seu dia.

“Faça o trabalho mais difícil primeiro. Os trabalhos fáceis irão cuidar de si mesmos. “
Dale Carnegie

Talvez você tenha uma ligação importante, mas teme ser desconfortável de fazer. Talvez precise responder uma imensidão de e-mails ou ter uma grande pilha de papéis para analisar. Talvez você tenha as últimas cinco páginas de seu jornal para terminar.

O que quer que seja, tirá-lo do seu caminho é  a primeira coisa que deve fazer.

Se você começar o seu dia desta forma você vai se sentir aliviado. Você vai se sentir relaxado e bem consigo mesmo. E o resto do dia – e sua lista de coisas a fazer – tende a ser muito mais leve e mais fácil de percorrer. É incrível a diferença que esta ação faz.

5. Basta fazer uma decisão. Qualquer decisão.

“Em um momento de decisão, a melhor coisa que você pode fazer é a coisa certa a fazer, a próxima coisa é a coisa errada, e a pior coisa que você pode fazer é nada.”
Theodore Roosevelt

Nos sentimos mal quando cruzamos os braços e não agimos, porque isso é natural. O natural é sermos decisivos e agir.

Quando quer fazer alguma coisa, mas não toma a ação que está alinhado à esse pensamento, você se torna conflituoso por dentro.

O que você faz sempre envia sinais de volta para você sobre quem você é. Claro, fazer afirmações onde diz a si mesmo que você é confiante pode ajudá-lo. Mas tomar as ações confiantes que você quer uma após a outra é o que realmente constrói a sua auto-confiança e uma auto-imagem. Quando você procrastina,   diminui a sua auto-estima e envia sinais para si mesmo que você é uma pessoa preguiçosa e indecisa.

6. Enfrente seu medo.

“A procrastinação é o medo do sucesso. Pessoas procrastinam porque têm medo do sucesso que elas sabem que resultará se avançarem agora. Porque o sucesso é pesado, carrega uma responsabilidade com ele, é muito mais fácil  procrastinar e viver na filosofia do  ” Algum dia eu vou “.
Denis Waitley

Eu acho que isso pura verdade. É mais fácil viver no pensamento do “um dia …”. É mais difícil apenas agir. Em arriscar e parecer um idiota. Em errar, tropeçar e não evitar a dor. Em assumir a responsabilidade por sua própria vida.

A escolha mais fácil pode vir com uma sensação de conforto, com um certo nível de sucesso, dores de arrependimento por todas as coisas que você nunca se atreveu a fazer e uma vaga sensação de estar insatisfeito. Você quer saber o que teria acontecido se você tivesse agido e arriscado mais.

A escolha mais difícil irá te proporcionar tudo isso. Mas com certeza vai se sentir mais vivo.

7. Terminá-lo.

“Nada é tão cansativo quanto o enforcamento eterno de uma tarefa incompleta”
William James

“Grande parte do estresse que as pessoas sentem não vem de ter muito o que fazer.Ele vem de não terminar o que começaram. “
David Allen

Não dar o primeiro passo para começar a realizar algo pode fazer você se sentir mal. Mas não terminar o que você começou também pode deixá-lo com pensamentos negativos. Você se sente cansado ou estressado e às vezes você nem sabe por quê. É como se alguém cortasse seu poder interior.

Se for esse o caso, reveja as tarefas e projetos que você está envolvido e que queira terminar, mas ainda não conseguiu. Tente  terminar assim que possível e irá se sentir muito melhor.

Basta ter cuidado. Não pense que você tem que terminar tudo o que você começou. Se um livro é uma porcaria, leia outra coisa. Usar isso como uma desculpa para acabar com uma coisa difícil não é uma boa ideia. Mas não há nenhuma lei que diz que tudo tem que ser completado.

Fonte: Positivity Blog

Como organizar suas roupas

closet 42

Quando suas roupas não estão organizadas, levantar-se e vestir de manhã torna-se uma tarefa árdua. Ter que cavar através da confusão e escolher uma roupa é quase uma missão impossível.

Até na hora de fazer compras fica complicado. Como você pode saber o que esta procurando, ou o que precisa mesmo, se você não tem uma boa noção do que já possui? Você pode ter uma quantidade imensa de roupa, mas não adianta nada se elas estão todas misturadas. Então, aqui estão algumas maneiras simples de organizar suas roupas e facilitar a sua vida todos os dias.

Organizar roupas por temporada – Divida as roupas que você realmente usa em estações do ano, inverno e verão. Você pode armazenar todas as suas roupas fora de época em outros lugares, a fim de que tudo em seu armário seja usável. Coloque-as dobradas em caixas ventiladas no maleiro. Lembre-se que algumas roupas podem ser usadas em qualquer época do ano. Portanto, não tire peças que você pode usar mais tarde.

Organizar roupas por tipo – No cabideiro, pendure as camisas, calças, saias  e vestidos ( dependendo do tecido, deve ficar na gaveta). O tipo de cabide ideal depende do tipo de roupa. Mas nunca ponha duas peças no mesmo cabide, pois elas  vão amassar  e será mais difícil de  encontrá-las.

Organizar roupas por cor – Separe todas as camisas, primeiro as brancas, depois as coloridas e por final as pretas! Depois faça isso com as calças, saias, etc. Assim você encontra de maneira mais fácil todas as peças  e evita repeti-las muito.

Organizar roupas por dia da semana – Ideal para quem não tem muito tempo para ficar escolhendo o “look do dia”.

DICAS:

– Pendure as calças e camisas no mesmo sentido para dar mais funcionalidade e estética ao armário.

– Pendure as camisas com os botões fechados, inclusive o do colarinho.

– Mantenha os acessórios (cintos, lenços, etc) em suas próprias seções, ao invés de colocá-los junto a roupa para não perdê-los.

O único jeito de ter um guarda-roupa arrumado é criar um espaço para cada coisa. E como sempre, o número um passo na organização de roupas, é livrar-se do que você já não precisa ou quer.

Gostaram?

Espero que essas dicas sejam bem úteis para vocês!

Bjos,

Tati