Os 10 tipos mais comuns de desordem

desordem final

Fotos: Pinterest

Organizar uma casa dá trabalho, mas viver na bagunça é muito pior, ela traz muitos prejuízos de tempo e financeiros. Então a solução é deixar a preguiça de lado e começar a sair do caos aos poucos,  adotando pequenos hábitos para conservar a organização. Mas você provavelmente não consegue colocar sua casa em ordem por esses 3 motivos:

  • Você pode estar apegado a um item;
  • Você não consegue achar seus objetos e acaba comprando o mesmo de novo;
  •  Você não sabe quando jogar as coisas fora.

Então, aqui estão alguns tipos mais comuns de desordem e como lidar com cada um deles.

 1. “Pechinchas” que não podiam deixar passar:  “Mas estava em promoção” nunca é uma boa razão para trazer algo para sua casa. Resista à tentação de comprar algo porque é um bom negócio. Se você não vai usar, não é realmente um bom negócio.

2. Revistas, jornais e catálogos: Adoramos ter algumas revistas para referências e consultas, mas em um certo ponto, se você ainda não encontrou tempo para lê-las, não irá fazer nunca. O recomendado é você reciclar revistas e catálogos e ficar só com os artigos mais importantes. A maioria você acha na internet.

3. Frascos vazios e recipientes de plástico: Frascos vazios que não serão reaproveitados, tampas de plástico sem a vasilha ou vice versa, não possuem utilidade e só ocupam espaço. Mantenha a tampa ou a vasilha por uma semana. Se o jogo não aparecer, recicle.

4. Roupas, bolsas e sapatos velhos: Os armários hoje em dia estão cada vez menores, por isso é importante apenas manter as roupas, sapatos e acessórios que você realmente ame e goste de usar. Coloque-os em uma caixa de armazenamento na sua garagem ou box.  Se você não os tocou em 6 meses, doe.

5. Amostras grátis:  Ganhamos o tempo todo amostras grátis de lojas de cosméticos não é? Mais uma vez, se você não vai usá-lo, o melhor é simplesmente não permitir que ele entre na sua casa.  Mantenha-os por um mês e se você não usar  nesse tempo, recicle ou doe.

6. Coleções: Você é do tipo de pessoa que guarda moedas antigas, carrinhos, latinhas de cerveja entre outras coleções? Dê uma utilidade à ela ou se desfaça.

7. Meias sem o par: Não temos nem ideia onde estas meias foram parar, rsrs. Então, o recomendado é deixar uma pequena caixa na sua área de serviço e jogue as meias sem par que encontrar. Se a outra meia não aparecer dentro de uma semana, jogue-a fora.

8. Medicamentos velhos, pomadas e produtos de higiene pessoal: As pessoas mantêm esses produtos em casa, principalmente porque não têm certeza de quando e como joga-los fora. Descarte uma vez que a validade estiver expirada. Se não há data de validade, descarte, se há uma mudança no cheiro, cor ou substância. Não jogue fora no lixo comum ou no vaso sanitário.  Devolver remédios vencidos ou suas sobras para uma farmácia de confiança é o jeito mais adequado de não pôr a saúde em risco, tampouco prejudicar o meio ambiente.

9. Camisetas e objetos promocionais: Este é o tipo de lixo que você pensa: “Eu realmente não tenho sequer tempo para encontrar um espaço para ele”. Se você receber uma camisa para um evento de caridade, avise os organizadores que você não precisa da camiseta ou doe imediatamente após o evento.

10. Cabides e capas de plástico de lavanderia: Os cabides de lavanderia são muito fracos e não fica padronizado no seu armário. O ideal é usar capas de TNT com visor de plástico, dessa forma não estraga o tecido.

E aí?

Se identificaram com algumas dessas situações? Aposto que sim!

Bjos,

Tati

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s